Archive for outubro, 2011

Curso em Knit & Wear

No Comments »

Fotos do curso de programação em  Knit & Wear de nível avançado.

 Tiago Lima

Edson Schneider Ferreira

 

Rafael Dal Belo

Carlos Dienstman – instrutor

Aconteceu em 10 a 14 de outubro de 2011

No Centro de Capacitação da Paramalhas

 


Depoimento de Thiago Fedel da Del Line à equipe Paramalhas

No Comments »

Boa tarde,

Primeiramente queria agradecer ao Kako, Braga e toda equipe Paramalhas pela maravilhosa companhia, de me acolher muito bem
e pela oportunidade de poder estar participando de todos momentos: na feira ITMA, na visita da fábrica da Stoll (aliás to impressionado até hoje…) e nas festas realizadas pela Stoll com a companhia da equipe Paramalhas.
Aprendi uma coisa: “O que tem de bom na vida, são as amizades” e com certeza essa viagem foi muito especial e inesquecível, pois fiz muitos amigos. Pode ter certeza que vai estreitar ainda mais a nossa relação.
Queria parabenizá-los pelo trabalho da equipe Paramalhas na feira ITMA e pelo trabalho constante aqui no Brasil.

Att.
Thiago Fedel
19 3892 5785
Ind. e Com. de Confecções Fedel Ltda.


Depoimento de Luciana Malhas em visita Stoll – Paramalhas na ITMA

No Comments »

 

Depoimento de Idalice, da empresa Luciana Malhas de Monte Sião – MG, após visita no estande da Stoll, na ITMA Barcelona.

“Bom dia, à todos da ParaMalhas!
Eu Idalice è que tenho que agradecer a forma com fomos recebidos no stand  da
STOLL na ITMA.
Parabens à todos pela organização e a excelente recepção.
Com relação aos produtos, Sem comentário, perfeitos!”
Atenciosamente.
Luciana Malhas.
Idalice

Prezada Idalice

Ficamos muito felizes em recebê-la  no estande da Stoll!

Sua presença e interesse por nossos produtos vai estreitar ainda mais a nossa relação.
Obrigado por nos prestigiar num evento tão importante para o nosso setor como foi a ITMA 2011.
Colocamo-nos a sua inteira disposição, lembrando que nossa história, de quase 40 anos pode estar ligada ao seu futuro!
Abraço forte.

Carlos Michelin e Equipe


Stoll na ITMA 2011


Equipe Paramalhas Visita Stoll na Alemanha

No Comments »

Depois do encerramento da ITMA em Barcelona, a direção, representantes e clientes da Paramalhas foram até Reutilinguen, na Alemanha, visitar a Stoll.

Stoll inovadora e  pioneira em  soluções de software para teares eletrônicos.


Troca de cartões na ITMA

No Comments »

O diretor da STOLL, Sr Heinz Peter Stoll e Marcondes Tavares consultor e designer de moda, fizeram o uso da troca de cartões como forma de se apresentarem durante a ITMA Barcelona.

Muitas pessoas não sabem fazer uso do cartão de visitas.

Segue algumas regras:

Os cartões devem ser usados tanto no convívio social quanto profissional. Em ambas as circunstâncias, eles tem as seguintes finalidades:

  • apresentar pessoas e empresas;
  • acompanhar o envio de flores e presentes ou agradecê-los;
  • aceitar ou recusar convites escritos;
  • enviar condolências, felicitações e cumprimentos;
  • agradecer apoios recebidos;
  • substituir visitas;
  • acompanhar importâncias em dinheiro;
  • lembrar um convite feito oralmente;
  • comunicar mudança de endereço. São tão necessários e indispensáveis no trato profissional quanto uma boa vestimenta. Um profissional sem cartão de visita passa uma péssima imagem de si mesmo e da empresa em que trabalha. A famosa desculpa de que os cartões acabaram revela falta de organização e logística pessoal – o estoque de cartões de visita deve ser constantemente monitorado para que seja reposto antes que termine.
  • O cartão deve ser sempre entregue na mão da pessoa, segurado pela parte superior, entre o polegar e o indicador dobrado, com o nome posicionado de maneira que possibilite sua leitura imediata. Japoneses e chineses valorizam tanto essa forma de contato que recebem os cartões com as duas mãos.
  • Ao receber um cartão, leia o que nele está escrito e se atenha ao nome da pessoa. Não há gafe maior do que receber um cartão, guardá-lo no bolso sem ler e depois perguntar o nome da pessoa.
  • Após as apresentações, cabe ao executivo mais graduado oferecer o seu cartão e pedir o do outro para um futuro contato – é uma demonstração de gentileza e traquejo.
  • Os cartões devem ser entregues sempre antes das reuniões e ficarem a sua frente para lembrar os nomes e níveis hierárquicos.
  • Outra gafe é esquecer de guardar o cartão recebido antes de ir embora. Num almoço de negócios, quando não houver oportunidade de trocá-lo antes de estar à mesa, entregue-o no final da conversa, depois que todos terminarem de comer.
  • O cartão profissional deve conter o logotipo da empresa, o nome do executivo, seu cargo e telefone, fax, e-mail, CEP e site da empresa. No trato profissional, a qualificação da pessoa mencionada no cartão possibilita o início de uma conversa amistosa.
  • O executivo deve ter também um cartão duplo, só com seu nome, sem cargo, para acompanhar presentes. Neste caso é praxe riscar o sobrenome com caneta para quebrar a formalidade.
  • Ao falar com um jornalista, dê a ele o seu cartão logo no começo da conversa para que o nome seja mencionado corretamente na matéria a ser publicada.
  • No trato social, o cartão da mulher só traz seu nome. É regra que nessas ocasiões a mulher não troca cartões com homens. Se conhecer um casal, ela dará o seu cartão para a outra mulher. No trato profissional, esta regra não se aplica.
  • O cartão social masculino, além do nome, traz também endereço e telefone.
  • Existe também o cartão do casal, que é duplo ou simples, de tamanho maior.
  • O cartão de visita, profissional ou social, deve ser branco ou marfim, em papel opaline, vergê ou linho e com letras grisé ou manuscritas e pretas.
  • A impressão contempla várias faixas de poder aquisitivo. O relevo francês ou de chapa é o de maior custo. É feito em gráficas, especialmente para o cliente. O relevo americano é menos dispendioso, porém, fino. Só não se recomenda o chamado relevo brilhante, pois é de gosto discutível.
  • Se a opção recair nos cartões feitos por computador, a instrução é que sejam cortados para eliminar o micro-serrilhado, típico dos papéis vendidos no mercado para esta finalidade.
  • Não é adequado colocar símbolos das profissões no cartão, tais como balanças para advogados.
  • Os cartões profissionais não devem conter o slogan da empresa.
  • Dobrar a ponta também caiu em desuso.
  • Para não correr o risco de tirar do bolso um cartão amassado, use um porta-cartões (pode ser de couro, metal ou prata de lei).

Fonte: Como usar corretamente o cartão de visita | Portal Carreira & Sucesso